Falsários criam novo golpe

Falsários criam novo golpe: cobrança por telefone.

O Instituto de Proteção e Defesa dos Consumidores e Cidadãos do Brasil (IPDC), recebeu reclamações referente a telefonemas realizados por supostas “empresas de cobrança terceirizadas”.

Segundo os dados do IPDC, os falsários se passam por empresas fictícias de cobrança de cheques sem fundos, terceirizadas de uma grande rede de supermercados ou identificando-se como funcionários de Cartório de Protestos do Estado de São Paulo para a cobrança de títulos protestados.

Os golpistas solicitam a quitação urgente dos supostos débitos, e explicam que estão com o cheque, mas não podem fornecer mais informações. Além disso, afirmam ao consumidor que não adianta ligar no hipermercado para pedir outras informações. O tele atendente cobra um valor baixo e de compras que foram feitas a mais de 10 anos, justamente para o consumidor não lembrar exatamente o valor da compra.

O Instituto de Proteção e Defesa dos Consumidores e Cidadãos do Brasil (IPDC) orienta aos consumidores que verifique a origem do cheque antes de emitir o pagamento a empresas de cobrança via telefone. Primeiramente, peça uma cópia do cheque por fax ou e-mail, confira os dados, ligue no seu banco e se informe com o gerente. Não confie se a empresa disser que envia o cheque após o pagamento por Correio.

Fonte: Notariado.org.br.